terça-feira, 22 de novembro de 2011

Resenha - livro: A Linguagem das Flores.

Olá, meus queridos leitores, quem é vivo sempre aparece certo? Então cá estou eu, uma semi-viva aparecendo de novo, ou pelo menos tentando voltar!! xD Bem uma coisa garanto a vocês, nunca vou ficar tão feliz quando minhas férias chegarem!! Mas vim aqui pra trazer pra vocês mais uma resenha de um dos poucos livros que consegui ler nesse início de faculdade! Vamos lá?!

Sinopse: Victoria Jones sempre foi uma menina arredia, temperamental e carrancuda. Por causa de sua personalidade difícil, passou a vida sendo jogada de um abrigo para outro, de uma família para outra, até ser considerada inapta para adoção.

Ainda criança, se apaixonou pelas flores e por suas mensagens secretas. Quem lhe ensinou tudo sobre o assunto foi Elizabeth, uma de suas mães adotivas, a única que a menina amou e com quem quis ficar... até pôr tudo a perder.

Agora, aos 18 anos e emancipada, ela não tem para onde ir nem com quem contar. Sozinha, passa as noites numa praça pública, onde cultiva um pequeno jardim particular.

Quando uma florista local lhe dá um emprego e descobre seu talento, a vida de Victoria parece prestes a entrar nos eixos. Mas então ela conhece um misterioso vendedor do mercado de flores e esse encontro a obriga a enfrentar os fantasmas que a assombram.

Em seu livro de estreia, Vanessa Diffenbaugh cria uma heroína intensa e inesquecível. Misturando passado e presente num intricado quebra-cabeça, A linguagem das flores é essencialmente uma história de amor – entre mãe e filha, entre homem e mulher e, sobretudo, de amor-próprio.
Autora: Vanessa Diffenbaugh
Editora: Arqueiro.




A Linguagem das Flores é realmente um livro muito bonito, te prende do início ao fim, afinal não é todo dia que você vê a estória de uma órfã que já atingiu a maioridade e não tem pra aonde ir. Vanessa Diffenbaugh conseguiu criar uma estória tocante com uma personagem principal muito boa que já passou por tanta coisa que deixou de ter medo da maioria das coisas que nós às vezes temos.
O livro é divido em quatro partes: Cardo, Um coração inexperiente, Musgo e Recomeços, além disso, a estória é narrada em dois tempos mas nem por isso fica confusa ou em algum momento perdida, acompanhamos o presente e o passado de Victoria. O que eu mais achei interessante foi a autora ter utilizado um conhecimento em seu livro que não é muito comum nas estórias de livros de hoje em dia, a linguagem das flores. Esse foi o primeiro livro que aprendi que cada flor tem um significado, às vezes vários, mas geralmente tem um que pra cada pessoa se encaixa melhor. Outra coisa que eu adorei é que no final do livro vemos o dicionário dos significados das flores para Victoria, li e reli e até decorei alguns significados!

Todas as personagens são bem construídas só acho que algumas deveriam ter tido mais enfoque do que a autora deu, como por exemplo, Mamãe Ruby que é uma personagem super engraçada e aparece pouco na trama. Com um pouco mais de abertura para alguns outros personagens teriam deixado o livro melhor ainda. Tenho que confessar que Victoria as vezes me dava nos nervos com certas atitudes, mas algumas delas eram típicas de uma criança órfã que nunca conseguiu ser adotada. Sobre outro personagem, Grant, não tenho muito do que reclamar... Grant é amor gente!! XD 

O livro é envolvente e em nenhum minuto senti vontade para de ler, também não existe aquele momento “caída na estória” que alguns livros têm. Ele é bom e em nenhum momento fica chato ou desinteressante. Me agradou muito e tive que fazer muita força pra conter as lágrimas no final, no final das contas o livro fala principalmente do amor e acima de tudo do amor-próprio. Super recomendo pra um final de semana nas férias, é uma leitura fácil, relaxante e bonita. Definitivamente Vanessa Diffenbaugh conseguiu me agradar!!


Esse com certeza foi um bom presente de aniversário! E então o que acharam? Leriam ou esse não faz o tipo de livro de vocês? Comentem, comentem e comentem com a sua opinião que assim como a sua ligação é muito importante para nó xD (ignorem sim?!)!! Agora aguardem porque daqui a pouco vocês leram uma resenha do pai vampiro, estou lendo o Drácula e definitivamente vou ter que comentar ele com você! E não é só isso, depois dessa ainda temos mais vampiros pra fechar o ano! Afinal quem disse que vampiros já eram?! Alguns sim, mas outros são imortais!! Beijos beijos!

15 comentários:

  1. Oi Débora!
    Você não é a única que será a mais feliz do mundo quando sair de férias viu hehe

    Tenho muita vontade de ler o livro, parece lindo!
    Não sabia que tinha essas subdivisões e os significados das flores me deixa muito curiosa!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Não tenho muita vontade de ler o livro. Mas tenho curiosidade. Vejo muita gente falando bem =)

    Beijos, Bárbara.

    ResponderExcluir
  3. Olá *-*
    Tantas resenhas lindas... Tô bem animada pra ler!

    :*
    Mi
    Inteiramente Diva

    ResponderExcluir
  4. Awn eu achei a resenha desse livro lindinha demais, to muito curiosa pra ler! *-*

    Beijocas, Aline.
    http://lookinsideyourmind.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Hey (:
    Adorei a sua resenha. Eu não tenho muito interesse nesse livro, mas ele parece ser todo bonitinho. Gostei.

    Beijos, Vanessa.
    This Adorable Thing

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito da Resenha! Já tem um tempinho, que tô querendo ler este livro! Mas o tempo é curto, e a lista tá grande viu!
    Gostei muito do seu Blog, e estarei sempre por aqui!
    Seguindo))))
    http://pollymomentos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Também vou estar muito sastisfeita de férias.. Nossa *--* Amei o livro, principalmente do titulo... Como minha mãe é amante das flores (rs), ela já quer esse livro para ela... kkkkk'
    Adorei a resenha :)

    Beijos
    aritmeticadasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. que lindo parece ser o tipico livro que eu amaria ler de uma tacada só, xonei!

    ResponderExcluir
  9. Eu gostei bastante do livro, mas a Victoria me irritou muito em algumas partes. Mas eu achei que algumas partes foram repetitivas, mais pro final.
    De qualquer forma eu gostei e achei bacana a mensagem que o livro passa.
    Bjo

    ResponderExcluir
  10. Não to muito na vibe desses livros. São bons, em sua maioria. Mas é o tipo de livro que precisa ter clima e eu, infelizmente, não estou nesse. :( Mas sua resenha tá muito bacana, você mostrou os pontos postivios e tudo o mais. Gostei mesmo e eu leria, eventualmente. :)

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá!

    Gostaria de agradecer imensamente pelos votos de felicidades. *-* Obrigada mesmo... desejo a você tudo em dobro. (:

    Então... esse livro parece ser ótimo mesmo. Adorei sua resenha, e nela percebi que esta leitura pode realmente emocionar... antes não achei que chagasse a tanto. Fiquei feliz por saber que a leitura a agradou. Espero poder conferir também, e em breve.

    Um abraço!
    http://universoliterario.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Tenho muita vontade de ler, mas não sei quando será possível pq minha lista está tãooo imensa =/

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com

    ResponderExcluir
  13. Pelo nome parece ser tão fofinho :)

    ResponderExcluir
  14. Adorei sua resenha! Estou com muito vontade de comprar esse livro, aliás, acho que vou comprá-lo de natal para mim! rs'
    Parece ser maravilhoso... Fiquei curiosa com essa tal "linguagem das flores" que você citou... Deve ser bem interessante! :D


    Beijinhos, Amanda Cristina.
    www.primeiro-livro.com

    ResponderExcluir
  15. O livro parece muito legal, adorei a resenha, estou ansiosa para ler o livro!

    ResponderExcluir

 
Layout de Giovana Joris